quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Planejamento da Viagem

Comecei a estudar todas a estradas e rotas possiveis para a viagem e decidi que sairia do Brasil por Foz do Iguacu e seguiria pelo norte da Argentina, passando pelo Chaco e atravessaria a Cordilheira dos Andes ate chegar em Sao Pedro Atacama. A partir dai, seguiria para ANtofagasta e desceria toda a costa do Chile ate Vina Del Mar e Valparaiso e por fim entraria para Santiago do Chile.

Na volta, sairia de Santiago, passando novamente pelos Andes e Aconcagua, ate chegar a Mendoza na Argentina. De Mendoza, seguiria  para Cordoba depois Santa Fe e e entao entraria novamente no Brasil por Uruguaiana. Depois de Uruguaiana, cruzaria todo o sul do pais passando por Sao Borja, Passo Fundo, Curitiba e finalmente Sao Paulo meu destino final e tambem o ponto de partida de toda a expedicao.

Decidi fazer a aventura durante o mes de setembro pois neste periodo ainda e possivel ver a paisagem de inverno, as montanhas com neve e o frio nao eh tao intenso, eh possivel subir o Vale Nevado e as fronteiras da Argentina com o Chile com muita neve mas com menos risco e com menos chance delas estarem fechadas devido ao mal tempo. Alguns lugares quentes como o Chaco tambem nao estao tao quentes como no verao que pode chegar a mais de 45 graus.

Segue abaixo o roteiro que fiz no Garmin BaseCamp para ser usado no GPS:




Nas fotos abaixo estao todos os trechos da viagem com as cidades que passei, as distancias, tempo de viagem alem da projecao de gastos com gasolina, comida e hospedagem. Nao atravessei o Chaco inteiro, neste trecho utilizei a rota alternativa que aparece logo abaixo, recomendo que facam este trecho pois a paisagem eh belíssima:






Logo abaixo estao todos os hoteis que utilizei durante a viagem.Foram todos reservados pelo Booking.com, um pelo Decolar.com e outro por email. Ja sai de Sao Paulo com todos reservados mas voce pode reservar durante a viagem tambem. Nas cidades menos turisticas decidi ficar em hoteis no centro para conhecer melhor a cidade e sentir um pouco mais o dia-dia e cultura do local. Em regioes mais turistica como Purmamarca e Sao Pedro de Atacama, reservei hoteis melhores e mais tematicos. Mas fica ao gosto de cada um:



Depois que fechei toda a rota que foi o que levou mais tempo, comecei a procurar a moto. Acabei usando uma Bmw 1200 GS 2008. Todo o trecho da viagem eh de estrada asfaltada e em perfeito estado, permitindo assim o uso de qualquer tipo de motocicleta, conheci pessoas que fizeram a viagem com big trails, customs, harleys, esportivas, conheci ate um grupo que fez a viagem de Honda Biz. Em alguns trechos existem obras ou reformas mas nada que impossibilite a passagem.

Depois da escolha da moto comecei a preparar os documentos, pecas e acessorios que julguei necessarios para a viagem. Abaixo o checklist que utilizei na viagem:





GPS - Muito importante, ajuda muito na viagem mas aconselho alem do GPS tambem levar os mapas em papel. O GPS pode dar problema o mesmo nao funcionar bem em alguns trechos. O mapa em papel pode ser util. Usei algumas vezes durante a viagem.

SPOT - GPS via Satelite que possibilita que pessoas autorizadas acompanhem em tempo real, via google maps a evolucao da viagem e em caso de emergencia acionar resgate em qualquer lugar do mundo.


RotoPax - Eh um galao de gasolina adicional. Aconselho levar um Rotopax de 2 ou 1.75 galoes. Em alguns trechos da viagem, principalmente na Argentina falta gasolina nos postos ou mesmo os postos sao muito distantes um do outro.


Filmadora - Levei 2 GoPro, mas existem varias marcas e modelos no mercado. Aconselho levar 2 pois nao e raro uma das cameras dar problema ou mesmo cair da moto ou quebrar no caminho. Uma pode ser fixada na moto e outra no capacete.



Depois de todos os acessorios e pecas comprados, comecei a pesquisar como leva-los na moto. Existem 2 opcoes mais comuns de malas, os famosos cases rigidos, de plastico ou metal ou as malas flexiveis.

Acabei escolhendo levar 2 malas flexiveis, por questao de economia, pois sao mais baratas que os cases e tambem por ser possivel usar em qualquer moto independente do ano ou modelo. A desvantagem e que estas malas sao menos praticas e seguras, ja que nos cases e possivel usar cadeado, deixar as coisas trancadas ou mesmo usar os "inner bags" que sao mais praticos para tirar/organizar as coisas no case.

As escolha dos modelos e marca sao estritamentes pessoais:












Os documentos necessarios para a viagem e que levei sao os seguintes:

*A partir de novembro de 2013 (11/2013) o SOAPEX, sigla para Seguro Obligatorio de Acidentes Personales Causados por Vehiculos Motorizados con Matricula Extranjera, eh obrigatorio no Chile. Eh um documento similar a Carta Verde, documento exigido nos paises do Mercosul e que cito logo abaixo. Para mais informacoes e contratacao do documento, com pagamento via cartao de credito internacional, acesse o link: http://www.magallanes.cl/


Patente = Placa da Moto
Selecione o Pais
Tipo de Vehiculo = Motocicleta
Insira o periodo que transitara pelo Chile, incluindo a data de entrada e saida do pais


Passaporte/RG - Na Argentina e aceito o RG como documento, no Chile o uso do Passaporte eh obrigatorio:













Carta Verde - Seguro para que o veiculo possa circular no mercosul, tem que ser impresso em papel verde eh obrigatorio no Chile e na Argentina:





CNH e PID - Permissao Internacional para Dirigir - A PID eh obrigatória no Chile, pode ser exigida na Argentina:




Documento da Moto:


Para coibir a acao de policiais corruptos ou de multas indevidas levei mais 2 documentos:

Reporte de Incidentes: Documento do Ministerio de Relacoes Exteriores da Argentina que visa reduzir as multas aplicadas indevidamente por policiais argentina e corrupcao.



Documento do Consulado com as exigencias da lei para motociclistas:




Aconselho ler e levar tambem impressa a lei de transito da Argentina. Segue o link:

http://www.infoleg.gov.ar/infolegInternet/anexos/0-4999/818/norma.htm

Durante a viagem fomos parados 4 vezes pela policia e em nenhuma delas tivemos problemas. Em 2 os policiais nos pararam por curiosidade, para ver e tirar fotos com as motos e saber de onde eramos e por onde iriamos passar. Nas duas ultimas quase ja em Uruguaiana, pediram o documento da moto e a carta verde e logo nos liberaram.

Importante tambem fazer um seguro de viagem e um seguro saude. Existem varias opcoes no mercado, acabei fazendo um seguro Assit-Card e felizmente nao precisei usar, segue o link:

http://www.assist-card.com.br/Default.aspx


Em relacao a roupas segue abaixo o que levei:

1 Capacete (aconselho o fechado)
1 Viseira Fume (adicional)
1 Macacao tipo Expedicao, geralmente feito de Cordura (nao recomendo de couro, nao protege do frio e esquenta demais no sol)
1 Bota
1 Conjunto Segunda Pele
1 Segunda pela para as maos
1 Balaclava
1 Luva (aconselho modelo que suporte frio e que seja impermeavel)
5 Camisetas (da propria viagem - Expedicao Atacama 2013)
10 pares de meias
5 Cuecas
1 Tenis (aconselho levar uma bota de trekking tipo Timberland para uso no Atacama ou mesmo durante a noite ou nos passeios, como alternativa ao Tenis - suporta melhor a terra do deserto e o frio)
1 Calca Jeans
1 Calca de trekking (Nilon/Poliamida)
1 Bermuda
1 Malha
1 Jaqueta de frio
1 Bone
1 Oculos Escuro

20 comentários:

  1. Viagem formidável e excelente relato. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Vitor, a viagem realmente foi incrível. Quando quiser entre em contato que lhe passo mais detalhes. Abs,

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela viagem, cheia de detalhes e informações úteis para alguém como eu que pretende realizar uma viagem parecida, valeu
    Carlos

    ResponderExcluir
  4. Erick,
    Gostaria de saber onde conseguiu o Reporte de Incidentes? Vou para o Atacama dia 8/2 e quero seguir suas dicas. pode me responder em rodrigo@acmorgado.com.br
    Obrigado

    ResponderExcluir
  5. Rodrigo,

    Vi o documento na internet e fiz um pra levar na viagem em Word. Acabei não precisando usar durante a expedição,as aconselho levar algumas cópias com você e utilizar apenas em ultimo caso.

    Abs,

    ResponderExcluir
  6. Erick meu filho.... ( tenho uma filha de 33 anos...logo idade para ser seu pai...kkk). Comecei a ler o seu blog e estou encantado.
    Estou programando uma viagem de moto ( tenho uma kawasaki Versys 650 2012 ) para o CHILE e os seus comentários estão sendo preciosos. Por favor, gostaria muito de poder conversar com você on-line qualquer hora dessas sobre muita coisa, apesar de vc já ter colocado tudo aqui no blog....mas... quanto mais informações, melhor. Principalmente sobre documentação, policias corruptos, qual moeda levar, etc, etc... Rapaz, são muitas as duvidas.... Segue abaixo o que pedi para postar em algumas revistas:
    SE PUDER ME ADICIONE NO FACE, WHATSAPP, ETC.... Fico-lhe grato.
    Pessoal, estou indo com minha esposa ( provavelmente ela vá ) para o CHILE em setembro/2015. Deverei enviar a minha moto ( kawasaky Versys 650 ) para São Paulo e de lá seguir até Foz do Iguaçu, Resistência (Arg), Salta, San Pedro do Atacama ( Chile), Antofagasta, Santiago, Mendoza(Arg), Buenos Aires, Montividéu, Madonado, Porto Alegre.
    Dá um total de 7.486 km e fazendo uma média de 550 km por dia faremos esse percurso em 14 dias. Os outros 16 dias serão para conhecer os lugares que passarmos.
    De PA para Salvador ainda vou resolver
    Quem tiver interesse em nos acompanhar basta entrar em contato.
    CESAR PITANGA / Salvador / Bahia
    E-mail: cesarpitangaxre@gmail.com
    fones: (71) 88049227 oi (71) 99119227 vivo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cesar,

      Obrigado pelo elogios ao Blog. O objetivo do mesmo é realmente este, manter viva a viagem incrivel que fizemos e tambem ajudar outros amigos a realizar o mesmo sonho de viagem. Passei por email meus contatos para falarmos mais sobre a viagem e sobre o que precisar...

      Abs,

      Excluir
  7. Erick, não recebi seus contatos... Se puder manda novamente para : cesarpitangaxre@gmail.com e para: ceraopi@hotmail.com
    As minhas dúvidas são: Onde coseguir os documentos ( carta verde, etc, etc ). Qual tipo de moeda levar ( com esse iof sobre cartão
    fica difícil... vou levar grana na cueca...rsrs). Vc falou em no mínimo 1.000 dolares MAS me diga: A nossa moeda é bem aceita? Precisarei levar moedas locais? Obrigado meu amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cesar,

      Enviei novamente meus contatos por email e tambem respondi um pouco das suas duvidas, abs...

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Tomando os cuidados para reabastecer a cada 150KM percorridos e. seguindo o mesmo itinerário até Mendonça (AR), existe mesmo a necessidade do ROTOPAX??? Vou com esposa e acho que com baú traseiro e laterais mais o ROTOPAX a moto ficaria pesada demais....Gostaria de saber da sua opinião...

    ResponderExcluir
  10. Walace,

    Da pra ir sim tranquilo...nesta regiao da Argentina existe uma estrutura de postos melhor do que no norte do pais hermano. O rotopax eh uma seguranca a mais, caso erre o caminho ou mesmo nao encontre gasolina nos postos em que passar no caminho. Tambem depende da moto, no meu caso a moto tinha uma autonomia de 360Km, melhor ainda se for uma adventure que tem tanque de 30 litros.

    Pra quem vai fazer uma viagem dessa onde a moto ja eh pesada, mais bagagem mais garupa, nao acho que mais 5 ou 10 litros de gasolina seja um problema.

    Abs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu amigo pela dica. em tempo...daria pra responder a pergunta acima...

      Excluir
  11. Minha moto é uma Honda Transalp 700, com capacidade do tanque de 17,5 e uma autonomia de mais ou menos 300 km carregada. Acho que vou seguir a sua dica e levar um ROTOPAX. Valeu... Em tempo, dá pra vc responder a pergunta anterior??? Valeuuuuuuuuuu!!!

    ResponderExcluir
  12. belo blog. muito util. parabens.
    pergunta: tem que ser um rotopax ou pode ser qualquer galao de plastico?
    obrigado.
    ivanildo
    recife

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivanildo, o rotopax eh apenas uma sugestao. Voce pode utilizar qualquer um desde que seja preparado para transportar combustivel. Nos postos na argentina mesmo eles vendem galao para combustivel por um preco bem justo.

      Excluir
  13. mais uma duvida: o gps zumo é muito caro. qual outro com a qualidade e mais barato vc recomenda.
    obg.
    ivanildo
    recife.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Zumo na minha opniao eh o melhor GPS para motos atualmente mas voce pode comprar o que for melhor para voce. Muita gente utiliza atualmente o celular tambem. Eu alem do GPS costumo levar mapas em papel pois se tiver algum problema com o GPS voce tera outra fonte de informacao.

      Excluir
  14. não consegui ver as fotos do seu relato. pq? Os hoteis na viagem foram reservados ou vcs procuraram quando chegavam nas cidades?
    Ivanildo
    Recife

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deu um problema no link das fotos, mas ja estou recolocando todas no ar.
      Os hoteis todos foram reservados com antecedencia, no Booking.com ou Decolar, com excecao do Hotel em Tal Tal que reservei por email. Nenhum deles foi pago antecipadamente.
      Geralmente perde-se muito tempo procurando os hoteis durante as viagens...geralmente reservo eles com antecedencia e ainda levo mais um ou outro hotel caso o que reservei tenha algum problema ou nao goste.

      Excluir